A rede de transmissão e transformação de electricidade de Soyo-Kapary, em Angola, executada pela empresa chinesa Sinohydro Engineering Bureau 4 Co Ltd, venceu o prémio China Construction Engineering Luban Prize.

Segundo a China News Service, esta é a maior distinção chinesa na área da engenharia de construção, sendo atribuída por um conjunto de peritos do Ministério chinês da Habitação e Desenvolvimento Urbano-Rural e da China Construction Industry Association.

O projecto Soyo-Kapary representou um investimento de 7,1 mil milhões de renmimbi (US$1,05 mil milhões) e serve como uma parte essencial do abastecimento eléctrico à capital, Luanda, e à zona norte de Angola, refere a agência noticiosa estatal chinesa.

O projecto inclui nove subestações numa área de 1,1 milhões de metros quadrados e linhas de transmissão com um total de 1.020 quilómetros, sendo o projecto com maior extensão do continente africano, refere a notícia.